sábado, 23 de dezembro de 2017

Reflexões da Sagrada Escritura: Silêncio (I)


3ª Semana do Advento - Preparação próxima do Natal - Sábado
Primeira Leitura (Ml 3,1-4.23-24)
Responsório (Sl 24 (25), 4-5ab. 8-9. 10.14 (R. Lc 21,28))
Evangelho (Lc 1,57-66)

Na liturgia deste Sábado contemplamos o nascimento de São João Batista. Santa Isabel, a mãe do menino, chamou-lhe João, mas parentes e palpiteiros objetaram. Que povo incherido, não? Dando pitacos em um assunto tão particular quanto o nome que uma mãe dá a seu filho; foi preciso que Zacarias, na ocasião mudo, intervisse, e após tal intervenção, Zacarias milagrosamente recupera a voz. Não sejamos nós como esses palpiteiros incheridos, que com suas fofoquinhas acabam por colocar obstáculos a realização das profecias, a ação da Providência. Aprendamos, pois, quando é tempo de falar, e tempo de calar. 
Às vezes, penso que os murmuradores são como pequenos endemoninhados... - Porque o demônio insinua-se sempre com o seu espírito maligno de crítica a Deus, ou aos seguidores de Deus. - São Josemaria Escrivá (Sulco, 914)

Nenhum comentário:

Postar um comentário