terça-feira, 20 de março de 2018

Murmuração e Maledicência


5ª Semana da Quaresma - Terça-feira
Primeira Leitura (Nm 21,4-9)
Responsório (Sl 101,2-21)
Evangelho (Jo 8,21-30)

Escutamos na primeira leitura que, por canta das fofocas e murmurações dos israelitas, Deus envia serpentes venenosas para os castigar. A língua venenosa do maledicente torna-se vítima da peçonha da serpente; fina ironia, não? Em tempos de internet e fake news, precisamos prestar grande atenção para não cairmos em murmurações e maledicências. 

Quão triste é ver pessoas fanatizadas pelas ideologias a murmurar injustamente contra as autoridades da Igreja, tal qual se fez contra Moisés; e o pior, mesmo manifesta sua mentira, não voltam atrás, antes dão de ombros com birra. Recordo-me o caso de um folheto da Paulus, onde acusavam de retratar Lula como Nicodemos, tolice facilmente refutada com os fatos, mas que é os fatos para um militante? A mentira continua a ser propagada pois “serve a causa”. 

Ontem celebramos a solenidade da memória de São José, homem justo. Imitemos pois o silêncio de José, e afastemo-nos das maledicências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário