quinta-feira, 17 de maio de 2018

Pode-se, facilmente, encontrar a verdadeira religião?

+ Pode-se, então, facilmente, encontrar a verdadeira religião?
Devemos constatar com o Papa Leão XIII: “Reconhecer qual é a verdadeira religião não é difícil a qualquer um que queira julgar com prudência e sinceridade. Com efeito, provas numerosas e estupendas; a verdade das profecias; a multidão de milagres; a prodigiosa rapidez da propagação da Fé, mesmo entre seus inimigos e em detrimento dos maiores obstáculos; os testemunhos dos mártires e outros argumentos similares provam claramente que a única verdadeira religião é a que Jesus Cristo instituiu ele mesmo e cuja guarda e propagação deu à Sua Igreja como missão.”

+ Se é simples encontrar a verdadeira religião, como explicar que tantos homens não a reconheçam?
Se tantos homens não reconhecem a verdadeira religião, é, sobretudo, porque muitos pecam por negligência neste assunto. Não se preocupam em conhecer a Verdade sobre Deus, mas se contentam com os prazeres deste mundo; com costumes e com superstições do meio em que vivem e que bastam para satisfazer seu sentimento religioso; eles não têm sede de Verdade. Muitos pressentem, além disso, que a verdadeira religião lhes exigirá sacrifícios que não desejam. Enfim, o homem é naturalmente um “animal social”: tem necessidade de ajuda em todos os domínios (físico, técnico, intelectual e moral) e depende muito da sociedade onde vive. Se esta é islâmica ou atéia (como a nossa), se a escola e as mídias o afastam do Cristianismo (e, também, embrutecem-no para o impedir de refletir), ser-lhe-á muito difícil nadar contra a maré.

15. A Fé é necessária para a salvação?
A Sagrada Escritura ensina que a Fé é absolutamente necessária para obter a salvação eterna. “Aquele que crer e for batizado, será salvo; aquele que não crer, será condenado” diz Nosso Senhor (Mc 16,16). São Paulo ensina: “Sem a Fé, é impossível agradar a Deus” (Hb 11,6).

+ Qual é esta Fé necessária para a salvação?
A Fé necessária para a salvação não é qualquer fé; mas a verdadeira Fé, aquela que faz aderir de modo sobrenatural à verdadeira doutrina revelada por Deus.

+ Esta necessidade da verdadeira doutrina é visível na Sagrada Escritura?
A necessidade de guardar a verdadeira doutrina é manifestada pelas advertências repetidas dos Apóstolos quanto aos incrédulos e aos hereges: “Um tempo virá em que os homens não suportarão mais a Sã Doutrina; mas, ao contrário, ao sabor de suas paixões e com o ouvido seduzindo-os ardentemente, dar-se-ão mestres em quantidade e desviar-se-ão o ouvido da Verdade para se entregar às fábulas.” (2Tm 4,3)

+ Aqueles que, sem culpa de sua parte, não aderem às Verdades Reveladas, estão, pois, necessariamente perdidos?
Deus dá a todo homem a possibilidade de se salvar. Aquele que desconhece as Verdades de Fé, sem culpa de sua parte, obterá de Deus, num momento ou num outro, se fizer todo o possível para viver bem, a possibilidade de receber a Graça santificante. Mas é evidente que aquele que, por sua culpa, não professa a Verdadeira Religião, perder-se-á eternamente.

+ A verdadeira Fé é, pois, de suprema importância?
Efetivamente. Não se trata, nesta questão, de uma vã controvérsia teológica; mas da salvação ou da perdição eterna das almas imortais.

Catecismo Católico da Crise na Igreja - Pe. Matthias Gaudron, FSSPX; Cap. I: Crise na Fé, pág. 28-29.

Nenhum comentário:

Postar um comentário