domingo, 10 de junho de 2018

40 Princípios que o tornarão mais inteligente

A maioria desses livrinhos de autoajuda são bem bocós, trazem asneira empacotada para engabelar leitores inexperientes; todavia, fui surpreendido com a obra de I. C. Robledo que, apesar da brevidade e simplicidade da linguagem, trouxe dicas realmente interessantes, para além da baboseira de sempre. 

Com o título “As Ferramentas Intelectuais dos Gênios”, o livro se propõe a expor “40 Princípios que o tornarão mais inteligente”; segue, pois, a listagem dos princípios, que se observados, realmente lhe auxiliarão em sua caminhada intelectual. 
1º Princípio: Não faça suposições.
2º Princípio: Aprenda de vários modos e métodos diferentes.
3º Princípio: Aprenda a ser autossuficiente e a priorizar o que é mais importante.
4º Princípio: Ninguém pesa a importância dos fatos para você. Faça-o sozinho.
5º Princípio: Leia literatura e livros clássicos. 
6º Princípio: Todo mundo está constantemente tentando te vender algo.
7º Princípio: Hábitos de inteligência e aprendizagem podem sempre ser aprimorados.
8º Princípio: O conhecimento que você adquire por conta própria é o mais valioso.
9º Princípio: Leia uma vasta gama de materiais e aprenda amplamente.
10º Princípio: Esteja ciente de onde está vindo o conselho recebido.
11º Princípio: Envolva-se em experiências pessoais com o mundo ao seu redor.
12º Princípio: Valorize o conhecimento e as práticas que têm resistido ao teste do tempo. 
13º Princípio: Pratique o questionamento das coisas da vida que nós tendemos a tomar como certas, normais e sensatas.
14º Princípio: Nós quase sempre temos informações incompletas nas mãos ao tomar decisões.
15º Princípio: Considere perspectivas antagônicas às quais você normalmente possui.
16º Princípio: Você tem responsabilidade total sobre si mesmo. 
17º Princípio: Compare sistemas diferentes e se pergunte como eles são semelhantes ou diferentes.
18º Princípio: Saiba a diferença entre erros e fracassos.
19º Princípio: Não restrinja o seu próprio potencial.
20º Princípio: Use os seus talentos e habilidades para o seu próprio propósito. 
21º Princípio: Muitas ideias são ótimas na teoria, mas falham miseravelmente na prática.
22º Princípio: Todos os pensamentos e planejamentos do mundo são de uso limitado.
23º Princípio: Se você costuma pensar abstratamente, considere a realidade concreta tangível. Se você costuma pensar concretamente, considere o mundo das ideias.
24º Princípio: Esteja consciente dos seus arredores.
25º Princípio: Exercite seu cérebro, agindo como se tudo fosse importante.
26º Princípio: Quando você se deparar com uma palavra ou termo que você não sabe, procure-a. 
27º Princípio: Todos nós acolhemos nossas próprias falsas maneiras de ver o mundo.
28º Princípio: O cérebro precisa de desafios para crescer.
29º Princípio: A vida é emocionante, fascinante e mágica.
30º Princípio: Foque em obter um conhecimento profundo e não apenas na aquisição de partes superficiais. 
31º Princípio: Pense em como você afeta pessoalmente o mundo ao seu redor.
32º Princípio: Registre seus pensamentos e observações.
33º Princípio: Aprenda a praticar de forma eficaz para uma aprendizagem mais eficiente.
34º Princípio: Não sobrecarregue a sua capacidade natural de aprender.
35º Princípio: Quando você obtém uma grande idea, pergunte-se se é a hora certa para executá-la.
36º Princípio: Conheça os seus pontos fortes e fracos, e como fazê-los trabalhar para você.
37º Princípio: Preste atenção nos padrões globais, e nas anomalias que não se encaixam.
38º Princípio: Resista ao desejo de desistir de suas ambições.
39º Princípio: Quando você desiste de um problema e para de procurar as soluções muitas vezes é quando você encontrará a resposta.
40º Princípio: Espalhe o conhecimento, a importância do mesmo, e o amor por ele. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário