quinta-feira, 15 de novembro de 2018

República: Golpe Maçônico

No dia de hoje recordamos o golpe republicano; articulados pela maçonaria os militares vieram a derrubar a monarquia, impedindo ascensão de uma soberana católica na governança da nação. A motivação profundamente religiosa do ato, a intolerância da sinagoga de satanás para com a Fé Católica, fica escandalosamente manifesta no trecho que se segue de um documento maçônico  datado de 20 de Julho de 1888, tornado público por Gustavo Barroso em sua "História Secreta do Brasil" bem como na introdução da edição brasileira de ''Maçonaria Seita Judaica''

Propomos que essas Augustas Lojas, inspirando-se no Santo Amor da Pátria, se pronunciem com leal franqueza contra a próxima instalação do 3º Reinado, pelo previsto, ainda que lamentável, falecimento do Senhor D. Pedo II. A Senhora Princesa Regente, futura Imperatriz do Brasil é notoriamente católica fanática e seu espírito fraco todos sabem que é dirigido pelos padres romanos. O Príncipe consorte Senhor Conde d' Eu é um homem avarento e educado na fatal escola do direito divino e do predomínio militar. É claro, portanto, que a futura Imperatriz do Brasil, ou seja pela influência dos seus confessores, ou de seu esposo, presidirá á mais intransigente perseguição á Maçonaria do Brasil. Em tal conjuntura, é dever inelutável de nossa Ordem colocar-se ao lado da Pátria, e CONSPIRAR RESOLUTAMENTE contra o 3º Reinado.
Rezemos pela conversão dos inimigos da Igreja, lamentemos esse fatídico dia de nossa história e, continuemos a militar contra esta seita perversa que tanto mal faz ao país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário