sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

''(...) todo o que não pratica a justiça não é de Deus''


Antes da Epifania - Sexta-feira
Primeira Leitura (1Jo 3,7-10)
Responsório (Sl 97)
Evangelho (Jo 1,35-42)

Escutamos hoje ao final da primeira leitura: <É nisso que se conhece quais são os filhos de Deus e quais os do demônio: todo o que não pratica a justiça não é de Deus, como também aquele que não ama seu irmão. (1Jo, 10)>. Precioso é este ensinamento, sobretudo, em tempos em que as trevas da ideologia cegam a tantos cristãos. Em nome do pragmatismo político recorrem a mentiras, tapam seus ouvidos aos justos clamores dos pobres, afagam os pecados dos poderosos. Que moral é essa onde o certo e o errado está subordinado a convivência política, aos benefícios da gangue ideológica? Filhos do demônio! Assim o é todo aquele que não pratica a justiça. Temos nós buscado a justiça? Como filhos de Deus devemos praticar o bem e a justiça acima das conveniências políticas e delírios ideológicos.

Que Deus nos livre das colonizações ideológicas, da direita e da esquerda, e nos dê a garça de sermos apenas católicos, integralmente católicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


ATENÇÃO: Valorizo em demasia o aspecto artístico do texto, recorrendo com frequência a hipérboles e metáforas. Cuidado com interpretações literalistas, não me vá fazer nenhuma besteira!