domingo, 24 de fevereiro de 2019

#Notas: Objeção de Consciencia

No folheto da Paulus da missa de hoje, durante as preces da assembleia havia uma pedindo que Deus iluminasse as autoridades para implementar políticas públicas com vistas a uma sociedade mais tolerante e democrática.

Silencie-me. Não fiz coro com a comunidade para tal prece. Nem a democracia nem a tolerância são bens em si mesmos. Na verdade, creio que para o Brasil a democracia é antes um veneno. Igualmente penso que somos uma sociedade demasiado tolerante, toleramos o intolerável e isso só nos faz mau.

Quem dera os redatores tivessem mais respeito a liturgia, e não buscassem usar desta para fazer proselitismo de seus próprios devaneios políticos e filosofias tortas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário