quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Adivinhação, Astrologia, Yoga e Reiki

8. Que formas de adivinhação existem? 
Existem mutias, as quais se podem agrupar em dois grandes tipos: "Um primeiro tipo é aquela forma de adivinhação em que se faz uma invocação ou pacto expresso com o demônio, que se denomina genericamente espiritismo (necromantia), e que se dá quando o demônio ensina por meio de adivinhos, [...] sob a aparência de pessoas mortas ou vivas, ou por meio de outros sinais no ar, na água, no fogo ou nos espelhos. A outra forma de adivinhação é aquela na qual existe uma invocação ou um pacto apenas tácito [com o demônio], também designada por adivinhação interpretativa, na qual a partir das linhas do corpo, da voz, do sons das aves e coisas semelhantes, nas quais o demônio mutias vezes interfere, se busca um conhecimento para o qual tais coisas são desproporcionadas.

9. Atualmente, qual é a posição da Igreja Católica?
É a mesma há dois mil anos. Diz o Catecismo: "Todas as formas de adivinhação hão de ser rejeitadas: recurso a Satanás ou aos demônios, evocação dos mortos ou outras práticas que erroneamente se supõe 'descobrir' o futuro. A consulta aos horóscopos, a astrologia, a quiromancia, a interpretação dos presságios e da sorte, os fenômenos de visão, o recurso a médiuns escondem uma vontade de poder sobre o tempo, sobre a historia e, finalmente sobre os homens, ao mesmo tempo que e um desejo de ganhar para si os poderes ocultos". "Todas as praticas de magia ou de feitiçaria com as quais a pessoa pretende domesticar os poderes ocultos, para colocá-los a seu serviço e obter um poder sobrenatural sobre o próximo - mesmo que seja para proporcionar a este a saúde - são gravemente contrárias à virtude da religião. Essas praticas são ainda mais condenáveis quando acompanhadas de uma intenção de prejudicar a outrem, ou quando recorcem ou não a intervenção dos demônios".

10. Sendo assim, um cristão não pode recorrer a magia para alcançar coisas boas, tais como curar uma doença, restabelecer a paz num casamento, arranjar emprego, ou ter um filho?
Não, porque qualquer forma de magia ou adivinhação implica sempre em um pacto com o demônio e ''de nenhum modo e licito aos homens recorrer a ajuda dos demônios por meio de pactos tácitos ou expressos''.

11. Um cristão pode usar amuletos?
Não. ''O uso de amuletos também e repreensível'', porque e uma forma de superstição e, portanto, um pecado que ofende a Deus.

12. Um cristão pode recorrer à astrologia?
Não. A astrologia é uma falsa ciência (pseudociência) que não passa de mais uma forma de adivinhação, por meio da qual se pretende, a partir da posição relativa dos astros celestes, obter informações desconhecidas ou futuras, mediante a um pacto implícito com o demônio. A comunidade científica é unanime na critica negativa que faz do caráter supostamente cientifico da astrologia.

13. Um cristão pode recorrer ás cartas do tarô?
Não. O tarô é mais uma forma de adivinhação que pretende, a partir da interpretação de certas cartas especiais, obter informações desconhecidas ou futuras mediante um pacto implícito com o demônio.

14. Um cristão pode praticar o reiki?
Não. O reiki é uma "medicina alternativa", de inspiração oriental, em que se pretende, por meio da imposição das mãos e da invocação de certas "forças espirituais" curar as doenças e aliviar os sofrimentos humanos. A eficácia das terapias de reiki continua por demonstrar e explicar a nível cientifico, contudo, na verdade, não passa de mais uma forma de magia branca. Muitas pessoas que praticam o reiki acabam por ficar possuídas pelo demônio.

15. Um cristão pode praticar yoga?
Não. O conjunto de crenças do yoga é indissociável do hinduísmo. O yoga, que significa literalmente ''união'', pretende levar o homem a união com a divindade impessoal (iluminação) por meio de determinados ritos e invocações (entoação de mantras) aos quais vem atribuída uma eficácia ''espiritual''. Não se tratam apenas de determinadas técnicas de relaxamento como pensam muitos; são na realidade gestos carregados de significados espirituais que afastam as pessoas da verdade e da graça que Jesus nos trouxe e abrem o seu coração a ação diabólica, como se pode constatar em tantos casos de exorcismo.

- Pe. Duarte Sousa Lara. Demônio, Exorcismo e Oração de Libertação em 40 Questões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário