quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

Vocação Pessoal


3ª Semana do Advento - Quinta-feira
Primeira Leitura (Jz 13,2-7.24-25a)
Responsório (Sl 70)
Evangelho (Lc 1,5-25)

1. Sansão veio ao mundo por um motivo: lutar contra os filisteus. João Batista veio ao mundo por um motivo: preparar os caminhos do Senhor. É provável que nem eu nem ti, caro leitor, sejamos heróis ou profetas, mas, nas devidas proporções, também viemos a este mundo por um motivo. Temos cada um de nós uma missão, uma vocação pessoal a realizar. Talvez Deus nos tenha feito para ter um papel fundamental na salvação de tal ou qual alma, talvez para colaborar em tal ou qual santo apostolado, talvez para registrar tal ou qual feito. É um enigma!  E o sentido de nossa vida é desvendá-lo e realizá-lo.

2. A Sansão não lhe era lícito cortar os cabelos. A João Batista não lhe era permitido tomar vinho ou demais bebidas alcoólicas.  É o que meditamos nas leituras de hoje. Alguns de nossos contemporâneos questionariam tais proibições: ''onde já se viu, que puritanismo!'', a questão, todavia, é mais profunda do que aparenta. Os dez mandamentos são a regra universal que deve reger a vida de todos os fiéis, entretanto Deus pode pedir algo mais de cada um, conforme a missão que dispôs a realizar. Para ser mais claro: a lei não é igual para todo mundo, para alguns Deus pede coisas que não pede a outros. A ti, também, caro leitor, ele pode pedir um sacrifício a mais. Ao mesmo tempo em que, aquilo que pede a um não pode a todos. Tenhamos isso e mente na lida com nossos irmãos de Fé, tanto para não lhes impor cargas desnecessárias, como para não lhes desviar da estrada de sua vocação pessoal.

3. Uma grosseria quase imperceptível de Zacarias ante ao anjo lhe rendeu o castigo da mudez. O que não merecemos nós brasileiros, por temperamento e cultura viciosa tendentes a irreverencia, irreverencia para com a autoridade civil e eclesiástica, irreverencia para com os santos e anjos, irreverencia para com o próprio Deus? Peçamos ao Divino Espírito o Dom do Santo Temor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário