quinta-feira, 26 de março de 2020

"a gloria que vem só de Deos"


4ª Semana da Quaresma - Quinta-feira,
Primeira Leitura (Êx 32,7-14)
Salmo Responsorial (Sl 105)
Evangelho (Jo 5,31-47)

<Eu não recebo dos homens a minha glória . (Jo 5, 41)>

<Como podeis crer vós outros, que recebeis a glória uns dos outros: e que não buscais a gloria que vem só de Deos? (Jo 5, 44.)>

A glória de Deus. Esta deveria ser a bússola que conduz a vida de todo o cristão. Entretanto, nem sempre é assim... Quantos não estão a buscar a glória dos homens, a fama, a vaidade? Quantos, por vezes, não se utilizam até da palavra de Deus para tal? A radicalidade profética do Evangelho é tida tão somente como uma obra de arte a ser admirada ao invés de um modelo a se imitar e uma doutrina a se seguir. É bonito, é aesthetic pensar sobre a figura do homem de Deus, aquele que busca a vontade do Pai acima de tudo, que não tem medo da pobreza, da hostilidade do mundo, da morte. Quão belo é assistir tudo... Mas, nos reduziremos apenas a isso: uma legião de fãs gordos e sedentários que procuram apenas assistir o drama cósmico da ao guerra ente os exércitos de Deus e do diabo na história sem, contudo, tomar parte nesta luta? Nos furtaremos de tomar a sério o Evangelho e verdadeiramente nos esforçar-mo-nos por segui-lo? Que Deus nos livre de tamanha covardia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário