quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Concretude


27ª Semana do Tempo Comum | Quinta-feira
Primeira Leitura (Gl 3,1-5)
Salmo Responsorial (Lc 1,69-75)
Evangelho (Lc 11,5-13)

Os pagãos, para serem atendidos lá por seus demônios, precisam fazer mil estripulias: repetir palavras secretas, fazer poções, sacrificar animais em noites de lua e a paçoca a quatro. E não raro fazem tudo isso e não conseguem nada. Nós católicos só precisamos rezar que Deus nos atende. Mas, não raro rezamos errado. O evangelho de hoje nos trás uma dica: a oração deve ser concreta. O amigo pede pão, o filho lá pede peixes; mas nós, não raro, rezamos de forma tão vaga: pela paz (de quem com quem?), pelas vocações (onde?), pela santificação do clero (por que não citar o nome do padre fulano ou ciclano?). Se não formos concretos, não teremos sequer como avaliar se nossa prece foi atendida, perdendo a oportunidade de dar glória a Deus pela graça recebida. A oração é uma arma tão poderosa, mas precisamos aprender a maneja-la de modo adequado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário