quarta-feira, 28 de abril de 2021

Lógica Proposicional - Exercícios (IV)



58. (FCC) Leia atentamente as proposições P e Q:
P: João foi aprovado no concurso do tribunal.
Q: João foi aprovado em um concurso.

Do ponto de vista lógico, uma proposição condicional correta em relação a P e Q é:

A. Se não Q, então P.
B. Se não P, então não Q.
C. Se P, então Q.
D. Se Q, então P.
E. Se P, então não Q.

59. Considere a seguinte sequência de proposições:

(1) Se o crime foi perfeito, então o criminoso não foi preso.
(2) O criminoso não foi preso.
(3) Portanto, o crime foi perfeito.

Se (1) e (2) são premissas verdadeiras, então a proposição (3), a conclusão, é verdadeira, e a sequência é uma dedução lógica correta.

( ) Certo ( ) Errado

60. (CESPE) É correto o raciocínio lógico dado pela sequência de proposições seguintes:

Se Célia tiver um bom currículo, então ela conseguirá um emprego.
Ela conseguiu um emprego.
Portanto, Célia tem um bom currículo.

( ) Certo ( ) Errado

61. (CESPE – adaptada) É correto o raciocínio lógico dado pela sequência de proposições seguintes:

Se Maria é alta, então José será aprovado no concurso.
Maria é alta.
Portanto, José será aprovado no concurso.

( ) Certo ( ) Errado

62. (CESPE Adaptada) Considere que sejam verdadeiras as proposições:

(I) Todos os advogados ingressam no tribunal por concurso público;
(II) José ingressou no tribunal por concurso público;
(II) João não é advogado ou João não ingressou no tribunal por concurso público.

Nesse caso, também é verdadeira a proposição.

(A) José é advogado.
(B) João não é advogado.
(C) Se José não ingressou no tribunal por concurso público, então José é advogado.
(D) João não ingressou no tribunal por concurso público.
(E) José ingressou no tribunal por concurso público e João é advogado.

63. (FCC TRF-1ª Região 2006) Se todos os nossos atos têm causa, então não há atos livres. Se não há atos livres, então todos os nossos atos têm causa. Logo,

(A) todos os nossos atos não têm causa se e somente se não há atos livres;
(B) alguns atos são livres se e somente se todos os nossos atos têm causa;
(C) alguns atos não têm causa se não há atos livres;
(D) todos os nossos atos têm causa se e somente se há atos livres;
(E) todos os nossos atos têm causa se e somente se não há atos livres.

64. (CESPE) Na análise de um argumento, podem-se evitar considerações subjetivas, por meio da reescrita das proposições envolvidas na linguagem da lógica formal. Considere que P, Q, R e S sejam proposições e que “∧”, “∨”, “~” e “→” sejam os conectores lógicos que representam, respectivamente, “e”, “ou”, “negação” e o “conector condicional”. Considere também a proposição a seguir.

Quando Paulo vai ao trabalho de ônibus ou de metrô, ele sempre leva um guarda-chuva e também dinheiro trocado.

Assinale a opção que expressa corretamente a proposição acima em linguagem da lógica formal, assumindo que:

P = “Quando Paulo vai ao trabalho de ônibus”, Q = “Quando Paulo vai ao trabalho de metrô”,
R = “ele sempre leva um guarda-chuva” e S = “ele sempre leva dinheiro trocado”.

(A) P → (Q ∨ R).
(B) (P → Q) ∨ R.
(C) (P ∨ Q) → (R ∧ S).
(D) P ∨ (Q →(R ∧ S)).

65. (CESPE) Supondo que A simboliza a proposição “Alice perseguiu o Coelho Branco” e B simboliza a proposição “O Coelho Branco olhou o relógio”, julgue o item a seguir.

A proposição “Se o Coelho Branco não olhou o relógio, então Alice não perseguiu o Coelho Branco” pode ser simbolizada por (¬B) → (¬ A).

( ) Certo ( ) Errado

***

GABARITO

58. C 
59. Errado 
60.Errado 
61. Certo 
62. C 
63. E 
64. C 
65. Certo

Nenhum comentário:

Postar um comentário